Atletas brasileiros saem de bunker em comboio e pegam trem para deixar Kiev - A Voz da Região

Agora

sábado, 26 de fevereiro de 2022

Atletas brasileiros saem de bunker em comboio e pegam trem para deixar Kiev






O grupo de jogadores brasileiros, familiares e amigos conseguiu pegar um trem e sair de Kiev após deixar o bunker em um hotel da capital ucraniana, onde eles passaram os últimos dias em meio à guerra contra a Rússia.


Os cerca de 50 brasileiros se dividiram em carros e foram em comboio até uma estação de trem de Kiev. Parte do trajeto foi exibida em uma live no Instagram de Maria Paula Marinho, esposa do zagueiro Marlon Santos, do Shakhtar Donetsk.



Frio e fome na fronteira: atletas brasileiros não conseguem sair da Ucrânia

"Foi uma correria, porque fomos avisados de última hora. Estamos todos os brasileiros juntos. Estamos indo para a estação de trem, foi informado que está com trem para sair agora", disse Maria Paula, chorando.


"A Ucrânia se pronunciou que entre 17h e 8h todas as pessoas que estiveram na rua são vistas como pessoas de risco, inimigos. Todo mundo com a bandeira do Brasil colada na frente [dos carros]. A gente vai ter que sair andando e deixar o carro. Estamos tentando pegar o trem. Vai dar tudo certo. Estamos com três crianças, vou ter que desligar, orem bastante pela gente. Nos vemos no Brasil, se Deus quiser", acrescentou, antes de encerrar a live.


Em seu canal no Telegram, a Embaixada do Brasil em Kiev vem informando sobre trens que partem de diferentes cidades da Ucrânia com destino a locais perto da fronteira. Pouco antes das 9h (horário de Brasília), uma mensagem falava sobre trens partindo da capital.


"Segundo a última nota da UZ (empresa de trens ucraniana), há trens saindo hoje de Kiev para locais perto da fronteira, incluindo Chernivtsi (16:50), Uzhhorod (17:00) e Lviv (18:00). As pessoas só devem se dirigir à estação, porém, se considerarem que há segurança suficiente. Deve-se chegar na estação também com bastante antecedência antes do toque que se inicia às 17h", informou a Embaixada. O toque de recolher em Kiev passou a valer às 17h (horário local, 12h de Brasília) de hoje e vai até às 8h de segunda-feira (28).



(Texto  UOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();