Tragédia: Passageiro mata motorista de ônibus em SP após recusa de parada fora do ponto. - A Voz da Região

Agora

terça-feira, 9 de julho de 2024

Tragédia: Passageiro mata motorista de ônibus em SP após recusa de parada fora do ponto.


Um motorista de ônibus foi fatalmente baleado na cabeça por um passageiro após uma discussão na noite de domingo (7) na Zona Leste de São Paulo. A discussão teria começado depois que o motorista se recusou a parar fora do ponto, de acordo com relatos de outros passageiros.

Após ser atingido pelo disparo, o motorista perdeu o controle do ônibus, que colidiu com duas casas na Rua Visconde Aljezur, no Itaim Paulista. Infelizmente, o motorista, identificado como Gabriel Moraes da Silva, de 26 anos, casado e pai de três filhos e um enteado, não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. Uma passageira ficou ferida na colisão e foi levada de ambulância para um hospital, sem informações sobre seu estado de saúde.

O passageiro que efetuou o disparo fugiu do local após o crime. Testemunhas relataram à polícia que o agressor sacou a arma quando solicitou ao motorista que parasse fora do ponto, sendo sua recusa o motivo da discussão.

A ocorrência foi atendida pela Polícia Militar e registrada como homicídio qualificado por motivo fútil e colisão de veículo no 50º Distrito Policial, Itaim Paulista. A Polícia Civil está investigando o caso e busca por evidências, incluindo imagens de câmeras de segurança de propriedades próximas que possam ter capturado o criminoso, uma vez que o ônibus não possuía câmeras de monitoramento.

A SPTrans, empresa municipal responsável pela regulação do transporte de ônibus na capital paulista, lamentou o ocorrido e afirmou estar colaborando com as autoridades na investigação do crime.

A empresa Transunião Transportes também se manifestou, lamentando a morte do motorista Gabriel Moraes da Silva e oferecendo apoio à família neste momento difícil. A empresa está cooperando com as investigações e prestando assistência necessária.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário