Rastros de vapores d'água congelados deixados por aviões no céu intrigaram moradores do interior de SP. - A Voz da Região

Agora

segunda-feira, 3 de junho de 2024

Rastros de vapores d'água congelados deixados por aviões no céu intrigaram moradores do interior de SP.

Fenômeno de Contrails capturado por moradores em Sorocaba (SP) — Imagem: Reprodução/Edson Dias

Os habitantes de Itapetininga e Sorocaba, cidades do interior de São Paulo, foram surpreendidos pelo céu no final da tarde de sábado (1º). Trilhas visíveis durante o pôr do sol chamaram a atenção. O diretor do Clube de Astronomia de Itapetininga (Centauri), Rodrigo Raffa, explicou que o fenômeno é conhecido como Contrails e ocorre quando os vapores de água das aeronaves congelam devido ao frio.

"São rastros deixados por aviões e outras aeronaves que passaram pela região. Essas aeronaves liberam vapores de água que congelam devido às temperaturas mais baixas", esclareceu.

O pesquisador também mencionou que o fenômeno pode se repetir no domingo (2), já que as condições meteorológicas são semelhantes às de sábado.

Rodrigo também abordou a coloração do pôr do sol, que encanta os moradores durante as tardes de outono. Nessa estação, o céu costuma apresentar tonalidades distintas durante o crepúsculo, que é o período do dia que ocorre imediatamente após o pôr do sol e antes do nascer do sol, quando o sol está abaixo do horizonte, mas sua luz ainda ilumina o céu indiretamente.

"As cores do céu de sábado podem ser influenciadas por diversos fatores, como a inclinação mais ao norte devido à precessão do equinócio, o ar mais seco com a proximidade do inverno e a presença de alguns gases poluentes na atmosfera", explicou.

Estes elementos contribuem para a dispersão e refração da luz solar, resultando nas diversas tonalidades observadas no sábado.

Além de registrar os fenômenos celestes, o clube publica um resumo do que está previsto para ocorrer no céu no início de cada mês. Em junho, as noites começam por volta das 17h35 e terminam com o nascer do sol às 6h50, nas regiões de Itapetininga e Sorocaba.

Com a chegada do inverno em 20 de junho, as noites se prolongam, proporcionando um cenário propício para a observação, em especial, das constelações de Sagitário e Escorpião. Confira o calendário:

- 2 de junho: conjunção entre a lua e Marte;
- 4 de junho: encontro entre Júpiter e Mercúrio;
- 13 de junho: passagem da Estação Espacial Internacional (ISS) das 18h16 às 18h22;
- 20 de junho: solstício de inverno;
- 21 de junho: lua cheia do inverno e passagem do telescópio Hubble;
- 27 de junho: encontro entre a lua e Saturno.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário