Cabreúva - Mãe lamenta morte de menino de 6 anos por dengue no interior de SP: 'Saudade corrói a alma' - A Voz da Região

Agora

quinta-feira, 16 de maio de 2024

Cabreúva - Mãe lamenta morte de menino de 6 anos por dengue no interior de SP: 'Saudade corrói a alma'



Segundo matéria do G1 uma criança de apenas seis anos está entre as mais de 700 vítimas causadas pela dengue no estado de São Paulo em 2024. Nicollas Gabriel Nascimento de Souza morreu no dia 2 de abril, marcando o primeiro óbito em decorrência da doença em Cabreúva (SP) neste ano. A informação foi confirmada pela prefeitura na segunda-feira (13).


A mãe de Nicollas, Larissa Costa Nascimento, lamentou a morte do filho. Ao g1, ela conta que o menino estava sempre sorridente, independente das dificuldades que enfrentava.

"Ele sempre foi uma criança com um coração muito bom. Gostava muito de frequentar o culto de jovens da igreja, era muito 'arteiro', brincalhão, sorridente. Antes, dizia que ele era um anjo na terra. Agora, ele é um anjo que está no céu", relembra.

A organizadora de festas ressalta que Nicollas possuía anemia falciforme, uma comorbidade rara e sem cura que altera a normalidade da hemoglobina, célula que transporta oxigênio para todos os tecidos do corpo. Entre os sintomas, estão febre, falta de ar e dores nos ossos.

"No dia 17 de março, ele começou a ter sintomas de febre. Achei que era um resfriado, pois ele tinha entrado na piscina no dia anterior. Durante o episódio, ele coçou embaixo do braço e, quando levantei, vi que havia um carrapato na região. Eu e meu marido ficamos extremamente assustados e com medo de ser um carrapato-estrela, então, levamos ele ao hospital. Os médicos descartaram a hipótese", explica.


Após o susto, a criança ficou dois dias internada devido às condições de saúde anteriores. Quando estava prestes a ir para casa, um exame de sangue apontou o diagnóstico correto: Nicollas estava com dengue.

"Meu marido me ligou contando que ele tinha testado positivo para dengue. A médica disse que, se ele estava, outra pessoa da casa também estava. Pouco tempo depois disso, também comecei a ter sintomas e fiz um teste, que confirmou. Fiquei muito debilitada na semana que ele foi entubado", conta.


Fonte: G1.


Confira mais notícias no nosso Portal:


Nenhum comentário:

Postar um comentário