Tragédia em Jundiaí: Jovem perde a vida em acidente causado por motorista embriagado dias após realizar o sonho de comprar moto nova - A Voz da Região

Agora

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2024

Tragédia em Jundiaí: Jovem perde a vida em acidente causado por motorista embriagado dias após realizar o sonho de comprar moto nova

Um trágico acidente em Jundiaí, São Paulo, ceifou a vida de Vytor Hugo Caetano Ramos, de 25 anos, um entusiasta de motocicletas que havia realizado seu sonho de adquirir uma moto nova há apenas dez dias. O jovem perdeu a vida devido a um choque provocado por um condutor sob efeito de álcool.

Vytor, que trabalhava como motoboy e tinha uma paixão declarada pelo motociclismo, comprou a motocicleta com o intuito de explorar novos horizontes sobre duas rodas. "Ele sempre foi apaixonado por motos... Antes, utilizava uma moto alugada. Para ele, o importante era sentir a liberdade de pilotar", compartilhou Luana Marcelino, sua companheira de 38 anos.

No fatídico dia, Vytor havia deixado Luana em seu local de trabalho e estava a caminho de casa quando seu trajeto foi interrompido de forma abrupta e fatal. Luana recorda que Vytor tinha uma percepção peculiar sobre sua própria vida, frequentemente expressando a sensação de que não viveria muito tempo. "Ele costumava dizer que não chegaria aos 30 anos e vivia cada momento intensamente, consciente de que cada segundo era precioso", disse ela.

Desde o início de sua relação, quando Vytor tinha apenas 17 anos, o casal enfrentou inúmeras adversidades juntas, fortalecendo seu vínculo e apoiando-se mutuamente. Vytor sonhava em viajar o mundo em sua motocicleta e desejava proporcionar uma vida melhor para si e para os seus.

Após o acidente, Luana prestou uma emocionante homenagem a Vytor nas redes sociais, expressando a imensidão do vazio deixado por sua ausência e a eternidade do amor que sente por ele.

O responsável pelo acidente, um homem de 20 anos, foi detido em flagrante sob a acusação de dirigir embriagado e causar a colisão que levou Vytor a óbito. Ele foi submetido a uma audiência de custódia, onde recebeu liberdade provisória sob a condição de comparecimento regular aos atos do processo e justificativa bimestral de suas atividades à Justiça, conforme informações do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

A polícia relata que o motorista invadiu a faixa contrária, colidindo frontalmente com a motocicleta de Vytor. Apesar de recusar o teste do bafômetro inicialmente, exames posteriores confirmaram a embriaguez.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para prestar socorro, mas Vytor já estava sem vida ao chegarem ao local do acidente. A dor da perda é profundamente sentida por sua família e amigos, que realizaram o reconhecimento do corpo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário