Cervejaria jundiaiense é Ouro pela primeira vez no Concurso Brasileiro de Cervejas - A Voz da Região

Agora

sábado, 11 de março de 2023

Cervejaria jundiaiense é Ouro pela primeira vez no Concurso Brasileiro de Cervejas

Cervejaria Giffa recebe a primeira medalha de Ouro jundiaiense em festival nacional

Chegou ao fim nesta quarta-feira (8) a 11ª edição do Concurso Brasileiro de Cervejas, que resultou na primeira medalha de ouro da história para uma cervejaria jundiaiense. Em 2023, a competição mais uma vez reforçou e se consolidou como a terceira maior do mundo no segmento cervejeiro. Representando o Polo Cervejeiro de Jundiaí e Região, a cervejaria jundiaiense Giffa ficou com a medalha de Ouro na categoria Berliner-Style Weisse, com a cerveja Sour Amarena.

Os resultados foram divulgados na abertura do Festival Brasileiro da Cerveja e a Região recebeu ainda outras duas medalhas: Ouro para a Cervejaria Prisma, de Campo Limpo Paulista, na categoria Leipzig-Style Gose com a cerveja Oceana, e Prata para cerveja Maria Manuela, da TexBeer, em Itupeva, na categoria American-Style Imperial Stout.

“A Sour Amarena possui um estilo clássico da Alemanha, a base de malte de trigo e um frescor típico do estilo onde por uma fermentação secundária e controlada adquire uma acidez fina, lembrando até um espumante”, comenta Marcelo Giffoni, proprietário da Giffa. “Queríamos algo a mais nessa cerveja e, após muitos estudos, chegamos nesta receita, que tem uma característica única de ser levemente mais ácida e aromática que as normais. A Sour Amarena carrega a alma da Giffa e é motivo de orgulho para Jundiaí”, explica.

“Esse é o principal concurso do Brasil, e devido a quantidade de cervejas inscritas desse ano, se tornou o maior concurso de cervejarias independentes do mundo. Cervejas do Brasil inteiro se inscreveram, e trazer uma medalha dourada para Jundiaí só reforça que a cidade tem muita cerveja boa e que jundiaiense não precisa sair daqui para beber ótimas cervejas”, comenta Charles Henrique da Cruz, fundador do Polo Cervejeiro de Jundiaí.

“Uma medalha de ouro para Jundiaí só fortalece a imagem de nossa cidade como produtora de excelentes cervejas e incentiva o fluxo turístico focado neste segmento que tem crescido nos últimos tempos, em especial com a criação da Rota da Cerveja Artesanal de Jundiaí”, comenta Marcela Moro, Diretora de Turismo.

Concurso Brasileiro de Cervejas 2023 bateu recorde de rótulos inscritos

O concurso recebeu, ao todo, 565 cervejarias de 25 estados diferentes, que apresentaram um total de 4.085 amostras.

Expresso Turístico – Trem da Cerveja

A cervejaria Giffa Imperial será o destino do próximo Expresso Turístico – Trem da Cerveja, que chega a Jundiaí neste domingo (12). O Expresso parte da Estação da Luz, em São Paulo, às 8h30, e o trajeto de ida tem duração de aproximadamente uma hora e meia, seguindo pelos trilhos da antiga São Paulo Railway Company, a primeira ferrovia do estado, datada de 1867, que ligava Santos a Jundiaí.

Durante o percurso de ida, os participantes terão a oportunidade de degustar as cervejas artesanais da Giffa Imperial, na companhia de petiscos, suco e água. A parada final é na própria cervejaria, onde haverá visitação à fábrica para conhecer o processo de produção da bebida e provar a cerveja diretamente dos tanques. A volta está prevista para as 16h30, com chega a São Paulo às 18h15.

O ingresso custa R$ 275 e inclui os bilhetes de trem e do transporte rodoviário (ida e volta), música e serviço de bordo, cerveja à vontade no trecho de ida e visitação à fábrica, com apresentação da Giffa pelo mestre cervejeiro e degustação direto do tanque com um copo personalizado.

(Fonte/Imagem: Prefeitura de Jundiaí)


Nenhum comentário:

Postar um comentário