Logo do Procon é utilizado para aplicação de golpes bancários - A Voz da Região

Agora

sexta-feira, 7 de outubro de 2022

Logo do Procon é utilizado para aplicação de golpes bancários

O Procon alerta que não faz negociações por e-mail ou WhatsApp

Na última semana, pessoas se passaram por funcionários do Procon para aplicar um golpe em créditos consignados pelo Whatsapp. Na ocasião, a vítima foi comunicada pelo aplicativo de mensagens que deveria fazer uma transferência de mais de R$ 11 mil, para devolver os valores de um empréstimo recebido por engano. O órgão registrou Boletim de Ocorrência (BO).

Segundo a chefe do Procon Jundiaí, Valéria Tavares Alcântara, o Procon não tem conta no Whatsapp. “É importante o consumidor ficar atento, pois o Procon não solicita nenhum tipo de pagamento e não faz negociações por esses meios ”, explica.

As fraudes em empréstimos consignados têm sido uma prática recorrente e alvo constante de atenção do Procon de Jundiaí. De janeiro a setembro de 2022 mais de 400 pessoas foram vítimas de golpes dessa natureza. “Desde o dia 5 de setembro estamos com a ‘Campanha Fique Ligado: Não Caia em golpe’. Para evitar problemas, recomendo ao consumidor não atender telefonemas suspeitos, ver extratos bancários com frequência, fazer o bloqueio dos empréstimos consignados no INSS e não enviar documentos por fotos”, completa Valéria.

O contato com o Procon deve ser feito por meio dos canais oficiais, que são o site oficial ou o e-mail: proconjundiai@jundiai.sp.gov.br.

(Fonte/Imagem: Prefeitura de Jundiaí)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();