Trecho na Marginal do Rio Jundiaí, em Várzea Paulista, oferece riscos a pedestres e motoristas - A Voz da Região

Agora

quarta-feira, 21 de setembro de 2022

Trecho na Marginal do Rio Jundiaí, em Várzea Paulista, oferece riscos a pedestres e motoristas

Segundo informações do portal G1 o trecho da Marginal do Rio Jundiaí, localizado especificamente ao lado estação da CPTM com a Rua Izaac Galvão, em Várzea Paulista (SP), oferece riscos para pedestres e motoristas. O local não apresenta semáforo nem faixa de pedestres. Dessa forma, as pessoas são obrigadas a se arriscar entre os carros para conseguir fazer a travessia em frente à estação de trem. A diarista Leila Vieira fala sobre os desafios de passar pelo local: "Atravessar aqui é super perigoso, porque além deles não respeitarem e não dar espaço para a gente passar, falta semáforos para ajudar o trânsito", afirma. A técnica de enfermagem Rosângela Silva explica que sofre com a s falhas de sinalização: "Os motoristas não respeitam. Tem hora que você está com pressa, o trem está passando, você quer pegar e tem que ir passando em frente aos carros. Tem motorista que não para não", conta. E os problemas não atingem só os pedestres. Os motoristas também precisam redobrar a atenção. Neste trecho, se encontram veículos de três vias diferentes. Sem sinalização, eles passam um na frente do outro de forma desordenada. Em pouco mais de 20 dias, aconteceram pelo menos dois acidentes no local. Em 18 de agosto, ocorreu uma colisão com quatro veículos, deixando seis pessoas feridas. Em 9 de setembro, a batida envolveu um carro, uma moto e uma bicicleta; o ciclista morreu. Em 2020, a situação no trecho já apresentava falta de sinalização, que colocava pedestres em risco para atravessar a Marginal do Rio Jundiaí, em Várzea Paulista (SP). A Prefeitura de Várzea Paulista (SP) informou que existe um projeto para implantar lombada e faixa de pedestres no local. Além disso, foi firmado um convênio entre prefeitura e a CPTM com obras que vão começar nos próximos meses e uma passarela será construída no local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();