Brumadinho: engenheiro jundiaiense que ajudou no resgate em Mariana (MG) é a 265ª vítima identificada - A Voz da Região

Agora

quarta-feira, 4 de maio de 2022

Brumadinho: engenheiro jundiaiense que ajudou no resgate em Mariana (MG) é a 265ª vítima identificada

A Polícia Civil de Minas Gerais identificou, nesta terça-feira (3), o corpo do engenheiro de produção Luís Felipe Alves, a 265ª vítima do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.

ossada foi localizada nesta segunda-feira (2), três anos e três meses após a tragédia que matou 270 pessoas, em 25 de janeiro de 2019. Na época, Alves tinha 30 anos e era funcionário da mineradora Vale.

Em 2015, Alves havia ajudado o Corpo de Bombeiros nos trabalhos relacionados ao rompimento da barragem da Samarco, em Mariana, a 110 km de Belo Horizonte. A tragédia da empresa que pertence à Vale e à BHP Billiton terminou com a morte de 19 pessoas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a ossada, com aproximadamente 40 segmentos, foi encontrada na área de busca denominada Esperança 1. Foi por meio da arcada dentária que Luís Felipe foi identificado por peritos no IML (Instituto Médico-Legal) de Belo Horizonte.

Alves era natural de Jundiaí, no interior de São Paulo. Na data do rompimento, ele trabalhava havia três meses na mineradora.

(Fonte R7 /Imagem: Reprodução internet )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();