Personal trainer que flagrou esposa fazendo sexo com sem-teto diz que está preocupado com saúde da mulher - A Voz da Região

Agora

sexta-feira, 18 de março de 2022

Personal trainer que flagrou esposa fazendo sexo com sem-teto diz que está preocupado com saúde da mulher


O personal trainer Eduardo Alves, de 31 anos, que foi filmado agredindo um sem-teto que havia feito sexo com a esposa dele, dentro do carro da família, no Distrito Federal, publicou um vídeo que começou a circular na internet, nesta quarta-feira (16).

Eduardo que, até então não havia falado sobre o assunto, diz que está preocupado com a saúde da mulher e pediu que as pessoas parem de compartilhar "conteúdo ofensivo contra a honra da esposa" 

 > https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia/2022/03/17/personal-trainer-que-flagrou-esposa-fazendo-sexo-com-sem-teto-diz-que-esta-preocupado-com-saude-da-mulher.ghtml?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=g1

 (veja vídeo acima).

"Vejo que os fatos têm sido transmitidos de maneira errônea, sendo que, no momento, a preocupação deveria ser a saúde dela, até porque a mesma encontra-se internada", diz o personal trainer.

Na filmagem, o personal trainer afirma que a mulher "sofreu violência sexual por um morador de rua" – apesar de a esposa dele ter admitido, em áudios e para a polícia, que o sexo foi consentido. Ele pediu ainda que as pessoas tenham empatia com a situação delicada.

Em áudios da esposa de Eduardo, que também circulam na internet, ela conta como manteve relações sexuais consensuais com o sem-teto. A mulher diz que enxergou Deus, e o próprio marido, no homem.

"Eu não conseguia nem falar e nem abrir meus olhos. Meu coração estava acelerado, mas eu não conseguia sentir ódio do homem que fez isso comigo porque eu só enxergava Deus nele. Eu só enxergava Deus. Não sei explicar", diz a mulher em uma mensagem de áudio.

A mulher ainda contou que encontrou o sem-teto em frente a um quiosque, na Rodoviária de Planaltina, e que ele fumava um cigarro. "Tirei o cigarro da mão dele e falei: você não vai fumar mais [...] porque você já está curado. E aí eu já enxergava ele como o Eduardo [marido], sabe? Já não estava enxergando ele como Deus. Aí eu tirei o cigarro da mão dele e joguei no lixo. Ele falou: vamos conversar? E eu disse: vamos", diz a mulher, em áudio. 'Problemas psicológicos': personal diz que está preocupado com saúde da mulher A mulher contou que, então eles foram para o carro onde passaram a manter relações sexuais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();