Morador de rua do caso do Personal é convidado para ser candidato a Deputado Federal - A Voz da Região

Agora

sexta-feira, 25 de março de 2022

Morador de rua do caso do Personal é convidado para ser candidato a Deputado Federal

Segundo informações do Jornal Metropoles, quatro partidos políticos já procuraram Gilvan Alves de Souza, 48 anos, morador de rua espancado, para lançá-lo como candidato a deputado nas próximas eleições.

De acordo com as legendas, a ideia seria lançá-lo na disputa por uma cadeira na Câmara dos Deputados ou na Câmara Legislativa (CLDF)

Não fiz nenhum mal', diz morador de rua agredido por personal que flagrou sexo com mulher.

Nesta quinta-feira (24), em entrevista publicada pelo site Metrópoles, o morador de rua Givaldo Alves, de 48 anos, trouxe o seu lado dos fatos e negou que o ato sexual tenha sido criminoso. De acordo com ele, a relação foi consensual, tendo a própria esposa do personal trainer o convidado para entrar no veículo.

Num dos momentos mais importantes da conversa, ele rebate as acusações do personal sobre o crime de estupro. “Deus me colocou em um lugar cercado por câmeras que comprovam não ter havido nada disso (estupro). Se fosse outro morador de rua, possivelmente já estaria preso”, disse, aliviado.


Sobre a reação de Eduardo, ele disse achar que o personal "fez tudo errado": "Sou a única vítima", afirmou.

"Do jeito que o cara fez, ele expôs a vida dele e a vida dela. (...) Eu não fiz nenhum mal para ser agredido. (...) Eu acho que esse senhor deveria rezar para Deus e pedir sabedoria para agir num momento de desespero, porque o senhor pôs tudo a perder e se expõe usando mentiras".

Givaldo diz que foi casado, tem uma filha de 28 anos e peregrinou por cidades da Bahia, Tocantins, Minas e Goiás até chegar a Brasília. Desde então, alterna a rotina nas ruas entre abrigos públicos e casas de passagens.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();