Triste! Fernandinha de apenas 12 anos que fazia terapia Car-T Cell para combater câncer morre após dois anos de tratamento - A Voz da Região

Agora

sábado, 26 de fevereiro de 2022

Triste! Fernandinha de apenas 12 anos que fazia terapia Car-T Cell para combater câncer morre após dois anos de tratamento

Segundo matéria do portal G1 a adolescente Fernanda Manzutti, de 12 anos, que combatia um câncer com terapia Car-T Cell, morreu neste sábado (26). Fernandinha, de Jundiaí (SP), lutava contra o câncer agressivo há quase dois anos. Em maio do ano passado, a família deu início a uma campanha para arrecadar cerca de R$ 8 milhões para custear a terapia, que não é aplicada no Brasil e inicialmente seria realizada nos Estados Unidos. A assessoria da família de Fernandinha divulgou uma nota de pesar após o anúncio da morte da adolescente. "Arrecadamos valores suficientes para sua jornada de cura. Incansável, ela enfrentou toda dor, todos os procedimentos, muitas horas de quimioterapia, radioterapia, remédios experimentais." Tratamento A adolescente embarcou, no dia três de agosto de 2021, à Espanha para iniciar o tratamento Car-T Cell contra a Leucemia Linfóide Aguda (LLA). Fernandinha passou pelo transplante de medula no dia 3 de dezembro do ano passado e ficou mais frágil devido ao procedimento. Ela permanecia internada na UTI do Hospital 9 de Julho. "Ela foi para a Espanha, fez o Car T Cell, voltou para o Brasil, uniu as equipes médicas internacionais e brasileiras no seu tratamento, quase zerou a doença para que o transplante fosse possível. E a 'Fer' estava lá firme em seu propósito de viver todos os dias mais um dia. A medula pegou, mas seu corpo, já exausto, não suportou", diz a nota. A terapia CAR T-Cell consiste em habilitar linfócitos T, células de defesa do corpo. Elas são injetadas depois que são modificadas para rastrear e matar as células tumorais. O tratamento não é feito no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();