Apresentador Monark faz discurso antissemita - A Voz da Região

Agora

terça-feira, 8 de fevereiro de 2022

Apresentador Monark faz discurso antissemita

 





O apresentador Monark, do Flow Podcast, defendeu durante o programa na noite desta segunda-feira (7) a existência de um partido nazista no Brasil. Em conversa com os deputados federais Tabata Amaral (PSB-SP) e Kim Kataguiri (Podemos-SP), Monark começou dizendo que a “esquerda radical tem muito mais espaço do que a direita radical” e, na sua opinião, “as duas tinham que ter espaço”.


“Eu sou mais louco do que vocês. Eu acho que tinha que ter partido nazista reconhecido pela lei”, afirmou. A deputada, então, o interrompe e lembra: “Liberdade de expressão termina onde a sua expressão coloca a vida do outro em risco. O nazismo é contra a população judaica. Isso coloca uma população inteira em risco.” 


Monark insiste e diz que “se um cara quisesse ser anti-judeu, eu acho que ele tinha o direito de ser”. E pergunta: “Você vai matar quem é anti-judeu? […] Ele não está sendo anti-vida, ele não gosta dos ideais [dos judeus]”. Tabata Amaral explica que o judaísmo não é um sistema de ideais. “O judaísmo é uma identidade, uma religião, uma raça.”.


Kim Kataguiri, do MBL, saiu em defesa de Monark durante a discussão e ajudou a reforçar a ideia de ‘vale tudo’ em defesa de uma suposta ‘liberdade de expressão’.


A declaração de Monark causou indignação e revolta nas redes sociais. Algumas entidades judaicas já se pronunciaram e afirmaram que “ideologias que visam a eliminação de outros têm que ser proibidas”.


(Fonte Pragmatismo Político)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();