Estado de SP pretende vacinar crianças contra a COVID-19 no prazo de 3 semanas - A Voz da Região

Agora

quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

Estado de SP pretende vacinar crianças contra a COVID-19 no prazo de 3 semanas

O governo de São Paulo afirmou nesta quarta-feira (5) que pretende vacinar todas as crianças do estado contra a COVID-19 no prazo máximo de três semanas. A imunização de crianças de 5 a 11 anos foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 16 de dezembro, mas ainda não foi autorizada pelo Ministério da Saúde.

“O governo do estado já definiu e tem pronto seu plano para a vacinação de todas as crianças de São Paulo na faixa de 5 a 11 anos em 3 semanas. […] Temos a vacina infantil contra COVID-19 aprovada há quase 1 mês pela Anvisa, e não termos a vacina é entristecedor e diria até revoltante”, disse o governador João Doria (PSDB).

Para especialistas, a vacinação desse grupo é essencial não só para conter a pandemia, mas para proteger as crianças diante do surgimento de novas variantes.

Segundo a gestão estadual, o plano permite a capacidade de vacinação de 250 mil crianças por dia em 5,2 mil postos de vacinação. A aplicação também será feita em 268 escolas estaduais cadastradas.

De acordo com a Secretaria de Educação, também haverá busca ativa nas escolas dos adolescentes que ainda não retornaram para tomar a segunda dose da vacina. A Secretaria estadual da Saúde de São Paulo já tinha informado que não exigirá prescrição médica para vacinar crianças.

“Nós já tivemos mais de 2,5 mil casos de internações graves em crianças e dessas 93 perderam a vida, infelizmente. Desde o dia 16 de dezembro, se nós tivéssemos iniciado a vacinação por conta do envio de vacinas do ministério, mais de 90% das nossas crianças já teriam recebido uma dose”, afirmou o secretário executivo da Saúde, Eduardo Ribeiro.

(Fonte: g1/Imagem: Prefeitura de Jundiaí)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas