Criança chora pela falta da cachorrinha Cindy, desaparecida há nove dias - A Voz da Região

Agora

quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

Criança chora pela falta da cachorrinha Cindy, desaparecida há nove dias


 


A cachorrinha Cindy, que já é idosa, desapareceu de sua casa no dia 27 de dezembro, no bairro Paulo Leone, em Itupeva; a família segue procurando em toda a Região 


A família de Cindy, de 13 anos, continua a procura nove dias após o desaparecimento. Eles pedem ajuda na divulgação na esperança de encontrá-la. 


Cindy é uma vira-lata (no estilo estopinha), porte pequeno e pelagem preta (com muitos fios brancos, por causa da idade). 


De acordo com a família, o sumiço está sendo considerado como desaparecimento após fuga, apesar de suspeito. “Acreditamos que ela tenha se aproveitado do momento em que o portão, que é automático, estava fechando após sairmos de carro. Mas o estranho é que de todos os cachorros que temos, ela é a única que nunca vai para a rua, nunca sai, nunca vai sequer até o portão; e foi justamente a que desapareceu”, comentou família, com quem Cindy vive já há 10 anos.  


A busca está sendo feita em todos os lugares possíveis. "Matagais, comércios, casas, cidades vizinhas... Estamos batendo de porta em porta, já imprimimos centenas de fotos com telefones. Já colamos em diversos lugares. Nós estamos de carro, a pé, de todos os jeitos procurando a Cindy. Ela ainda não apareceu, mas vamos continuar as buscas. Pagamos para impulsionar as publicações do Facebook e na internet", relata Vera Maradei, mãe de Marina Maradei, dona da Cindy. 


A maior preocupação da família é pelo fato da cachorrinha ser idosa e ter medo de chuva e fogos de artifício. "Não sabemos o que ela está passando, com quem está. Ela já é velhinha, só queremos proporcionar o bem. Minha filha está arrasada, não come e não dorme direito. Minha neta, de 3 anos, chora o dia inteiro, pois desde a barriga a Cindy dorme junto com ela. Só queremos que ela volte para casa", lamenta Vera. 


O bairro de onde ela sumiu fica próximo ao sítio Sassafrás, Apiário Nona Emília, Pesqueiro Peixe Vivo, Colégio Objetivo, e Condomínio Gran V[ille São Venâncio. 


Se você tem informações sobre a Cindy, entre em contato pelos telefones: 9 7427-9590, 9 6470-7367, 9 7500-6762 (falar com Verinha Maradei ou Marina Maradei). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas