Luiz Fernando cotado para vice-governador de São Paulo - A Voz da Região

Agora

quarta-feira, 8 de dezembro de 2021

Luiz Fernando cotado para vice-governador de São Paulo





Sendo um dos articuladores da campanha de Dória como pré-candidato a presidência no PSDB, o atual prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, participou de uma coletiva do atual governador João Dória em Salvador(BA), o que aumentou os murmurinhos de que o prefeito é cotado para ser o vice de Rodrigo Garcia na disputa pelo Governo de São Paulo para 2022. Tentando botar panos quentes a assessoria do executivo de Jundiaí soltou uma nota político-partidária dizendo “como já dito publicamente, cumprirá mandato integral de quatro anos”.


Um fato que não pode ser ignorado é o prestígio que os tucanos de Jundiaí tem  no ninho do partido em São Paulo, tanto que a cidade é parada obrigatória dos governadores, principalmente em ano de eleição. Os ex-governador e ex-presidenciável Geraldo Alckmin e o atual governador e pré-candidato a presidência João Doria. 


As articulações de Luiz Fernando Machado foi essencial para a vitória de Doria nas prévias do PSDB do dia 27 e vai concorrer à presidência. Ele teve 53,99% de aproximadamente 30 mil votos. O segundo colocado foi o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo leite, com 44,66% dos votos.


A revista Veja trouxe a análise sobre a vitória de Doria nas prévias tucanas,  e mostrou Machado como “uma das pessoas de confiança de Rodrigo Garcia que se revelaram fundamentais para este resultado. O prefeito de Jundiaí foi responsável por resolver o intrincado problema do apagão eletrônico na votação”.


O Jornal ‘A Tarde’ entrevistou Machado e o questionou sobre temas internos do PSDB e também “se mostrou otimista com a perspectiva de cooptar votos da centro-direita e da direita, que teriam votado em Jair Bolsonaro nas eleições de 2018, por conta do desgaste do mandato do atual presidente da República”. No último parágrafo da entrevista, o prefeito de Jundiaí diz: “A centro-direita, a direita e a própria centro-esquerda deve entender os rumos que o país deve ter. Entendemos que no momento esses não são os melhores rumos e creio que as pessoas estão preocupados com suas necessidades mais básicas. A carne, inviável o preço, as pessoas deixando de consumir o básico como consequência desse desarranjo que existe no Brasil. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();