Após troca de corpos, Funerária admite erro e se desculpa com famílias - A Voz da Região

Agora

quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Após troca de corpos, Funerária admite erro e se desculpa com famílias

 



Na tarde desta quarta-feira (22), o Grupo Serra Funerárias reconheceu o erro cometido e que resultou na troca de corpos de duas idosas que morreram na cidade de Sumaré (SP).  


Ao perceber que Maria Aparecida Cardoso, de 74 anos, durante o velório que o corpo no caixão não era o dela, a família trouxe este caso a tona. O Grupo infomou que a mulher teria sido velada e enterrada por outra família. O corpo deverá ser exumado para confirmar a identidade.


O corpo de Maria teria sido trocado com o de uma mulher de 71 anos, que veio a óbito no mesmo dia, só que na UPA Macarenko.


O caso é investigado pelo 2º Distrito Policial de Sumaré, que registrou a ocorrência inicialmente como destruição, subtração ou ocultação de cadáver. 


Em nota, além de reconhecer o erro o Grupo ainda pediu desculpas as famílias envolvidas: "O Grupo Serra lamenta profundamente o ocorrido e compromete-se integralmente com os esclarecimentos deste caso, cujas conclusões dependem de informações ainda a ser levantadas pela análise feita a partir do inquérito policial em curso. Sabemos ser imensurável o sofrimento causado e nos colocamos inteiramente à disposição para receber as famílias. A família Serra está profundamente solidária, prestamos toda nossa solidariedade às famílias, pedimos sinceras desculpas.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas