Filho é preso suspeito de tentar matar a mãe com requintes de crueldade em Jundiaí - A Voz da Região

Agora

segunda-feira, 11 de dezembro de 2023

Filho é preso suspeito de tentar matar a mãe com requintes de crueldade em Jundiaí


 

Um homem de 18 anos foi preso em flagrante suspeito de tentar matar a própria mãe, de 55 anos, na Vila Rami, em Jundiaí, na tarde deste domingo (10). O apartamento onde eles moram foi encontrado pelo irmão da vítima (tio do rapaz), todo revirado e cheio de fezes e marcas de sangue por todo o imóvel. A mãe, de acordo com a PM, está internada em estado grave, por conta de uma lesão na cabeça. 

 A PM foi acionada via 190 para atender a uma possível ocorrência de violência doméstica na rua União, na Vila Rami. No local, os soldados Bernadelli e Esdras foram recebidos pelo irmão da vítima, alegando que havia sido chamado pelo sobrinho (filho dela) a ir a um hospital particular da cidade, onde a mãe estava sendo internada após ter sofrido um Acidente Vascular Cerebral (AVC) - ele mesmo acionou uma ambulância para ela.

  Quando chegou ao hospital e viu o estado em que sua irmã se encontrava, bastante ferida, ele então foi até o apartamento dela, encontrando no local uma cena de possível crime. "Foi aí que ele nos chamou e, quando chegamos, nos deparamos com o que já havia sido relatado; o apartamento parcialmente destruído, as paredes quebradas e marcas de sangue pelo chão, como se uma pessoa tivesse sido arrastada. Além disso havia fezes e vômito por todo o recinto", disse Bernadelli.

Já com apoio de outras equipes, os PMs foram até o hospital, onde conseguiram conversar com a vítima. "Ela nos contou que havia sido empurrada pelo filho, e que depois disso não se lembra de mais nada. Foi surpreendente vê-la, ela estava com a boca e nariz arrebentados e sangrava até pelo ouvido", disse o PM, que contou também que já há um histórico de agressões do filho contra a mãe.

Enquanto os policiais estavam no hospital, o tio e o padrasto do rapaz foram até a casa do pai dele, onde o encontraram, e de onde o levaram até o Plantão Policial, já sabendo que os PMs estavam se dirigindo para registro da ocorrência. "Quando chegamos, munidos da informação da própria vítima de que ela havia sido empurrada, nós demos voz de prisão ao filho". O rapaz foi preso em flagrante pelo crime de tentativa de feminicidio.

De acordo com os PMs, a mãe permanecerá no hospital em estado grave, devido à gravidade de uma lesão sofrida na cabeça, segundo informado pela própria equipe médica.
APOIO

As equipes de apoio foram 2° sagento Marlon e soldado Carlos Eduardo (Comando de Grupo Patrulha - CGP1); e cabos Palaro e Gustavo Inácio (RPM). Fonte: JJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário