Jundiai - Dono do ‘Bar do Dito’ não morreu e está mais vivo do que nunca - A Voz da Região

Agora

domingo, 10 de setembro de 2023

Jundiai - Dono do ‘Bar do Dito’ não morreu e está mais vivo do que nunca

Jundiai - Dono do ‘Bar do Dito’ não morreu e está mais vivo do que nunca. Neste sábado (09), um boato correu pelas redes sociais e pelos grupos de WhatsApp que o dono de um dos bares mais famosos e conhecidos de Jundiaí teria morrido. Estamos falando do Dito, do Bar do Dito, na avenida Samuel Martins, na vila Progresso. Essa não é a primeira vez que criam boatos sobre a morte do comerciante. A verdade é que Dito está mais vivo do que nunca! Mas quem é o famoso Dito?
O professor Maurício Ferreira, em sua rede social, publicou um post contando um pouco sobre a história desse comerciante famoso de Jundiaí. “O Dito nasceu em Dourado-SP perto de São Carlos, trabalhou na lavoura, quando veio pra Jundiaí trabalhou como instalador de calhas , depois na Indústria textil Sacotex , então foi para Argos SA e trabalhou 11 anos no período noturno pra levar o leite para as crianças (tem dois filhos, uma filha e um filho casados) , há 40 anos seu irmão o convidou para mudar de ramo e montar um bar, de pronto o Dito aceitou e se estabeleceram na Vila Hortolândia , sempre com deliciosos quitutes: Joelho de porco, moela ao molho, pasteis e outras comidinhas de boteco. Após dois anos já sozinho mudou-se para a Samuel Martins e começou fazer o bolinho de batata e de carne , receita de família que já era sucesso entre os seus e que hoje bomba entre os jovens e vende mais de 3 mil unidades por semana e centenas de caixas de cerveja bem gelada e todas feitas pelas mãos do dono no dia, tudo fresquinho e com sabor sem igual e o faz sem medidas , tempera com a cabeça e com o coração. Passou por todos percalços que os pequenos comércios passaram nas últimas décadas e hoje faz sucesso , mas muito sucesso ! e é cult entre os jovens e retrô entre mais velhos e com uma receita simples : Trabalho, muito trabalho, humildade , generosidade e lealdade , uma honra ser seu amigo há 36 anos” – publicou o Prof. Maurício Ferreira. Fonte: RS NOTÍCIAS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário