Cabreúva - Dois comerciantes são acusados de matar e esquartejar deficiente auditivo - A Voz da Região

Agora

terça-feira, 17 de janeiro de 2023

Cabreúva - Dois comerciantes são acusados de matar e esquartejar deficiente auditivo

 


A Polícia Civil de Cabreúva avançou nas investigações para esclarecer a autoria do assassinato que vitimou um deficiente auditivo de 25 anos, cujo corpo foi esquartejado antes de ser jogado em uma cova rasa dentro de uma área de mata no bairro Bananal.

Dois comerciantes são os principais suspeitos do crime brutal, registrado como o primeiro assassinato do ano no município. Nos próximos dias, o Poder Judiciário deve apreciar o pedido de prisão temporária de ambos por requerimento do delegado responsável pelo caso, Rodrigo Carvalhaes.

Um deles teve o veículo apreendido e removido a um pátio para análise de peritos do Instituto de Criminalística (IC). Observação preliminar notou que o automóvel passou por lavagem interna, o que levanta a suspeita da polícia de uma possível tentativa de ocultar manchas de sangue da vítima.


Caso 


De acordo com investigadores do caso, os principais suspeitos são dois pequenos comerciantes. Conforme publicado pela reportagem em edição do dia anterior, Matias Ronaldo Conceição Ferreira, conhecido como “Mudinho”, teve uma discussão com conhecidos um dia antes de desaparecer.

A polícia informou que os comerciantes eram, de fato, conhecidos da vítima, mas não confirmou se a desavença, em um local no centro conhecido como “Escadão”, ocorreu com eles, possivelmente para não atrapalhar as investigações. 

Ainda segundo o que apurou a reportagem, o pai de Matias teria ido ao “Escadão” para buscar o filho, após ser informado do que estava acontecendo, e o levou para casa. Durante a madrugada, no entanto, o rapaz teria novamente saído com o carro e, desde então, não mais retornado.


Encontro

Cães farejadores foram utilizados para localizar o corpo da vítima após informação obtidas por policiais do local onde ele teria sido ocultado. 

Em uma vala rasa, o cadáver foi achado coberto com um pouco de terra e alguns galhos de árvore, indicando pouca preocupação dos assassinos de evitar seu encontro.

Um grande corte no pescoço foi notado no corpo - o ferimento teria sido a principal causa da morte. Também foram percebidas marcas de esquartejamento, fazendo desse um dos crimes mais brutais já registrados em Cabreúva.

Fonte - Imprensa Policial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();