Mais dois casos de sequestro são registrados em Jundiaí e Itupeva - A Voz da Região

Agora

sexta-feira, 16 de setembro de 2022

Mais dois casos de sequestro são registrados em Jundiaí e Itupeva

Mais dois casos de sequestro-relâmpago foram registrados em Jundiaí e Itupeva nesta quarta-feira (15), incluindo de um estudante de medicina rendido por criminosos logo após deixar a instituição de ensino localizada na Vila Arens.

Desde o começo do mês, crimes semelhantes vêm ocorrendo com frequência na Região, levando a polícia a acreditar que o delito, outrora bastante comum, comece a se repetir daqui para frente.

 No caso do estudante de medicina, de 22 anos, três bandidos armados entraram no carro do rapaz e o obrigaram a realizar saques e transferências por meio de PIX.

Ele chegou a permanecer por aproximadamente duas horas em poder dos criminosos, que fizeram compras em lojas de conveniência do município e depois o abandonaram em Campo Limpo Paulista.

Já na rodovia Hermenegildo Tonolli, que liga Jundiaí e a Itupeva, um caminhoneiro foi rendido por bandidos enquanto transportava uma carga de granito. A abordagem ocorreu em plena tarde.

Utilizando um veículo Monza, três assaltantes conseguiram fazer o motorista parar após enganá-lo, dizendo que a carga estava caindo na estrada. Ao parar, o caminhoneiro foi ameaçado de morte e obrigado a entrar no carro dos criminosos.

Ele foi levado a um matagal, onde teve de permanecer por diversas horas. Foi liberado já no final da noite, sem o caminhão, sob a passarela da rodovia João Cereser, região da Vila Hortolândia.


Casos aumentam

Nesta semana, um caminhoneiro de 43 anos, foi rendido ao passar pelo pedágio de Cabreúva, localizado na rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto, e levado a um cativeiro, onde permaneceu por cerca de 10 horas.

Durante este tempo, ele teve sacados todos os valores de pelo menos quatro contas dos bancos Itaú, Caixa, Bradesco e Santander, sendo libertado, a pé, nas proximidades do Maxi Shopping, quando então acionou a Polícia Militar.

No Caxambu, em Jundiaí, três bandidos participaram do sequestro de um comerciante, que foi levado para Várzea Paulista. O trio acabou preso durante buscas da Polícia Militar, avisada por uma testemunha da ação criminosa.

Na segunda-feira (12), o proprietário de uma loja de veículos de Itupeva foi feito refém de criminosos armados que o mantiveram em cativeiro também por várias horas. 

Ele teve feitos saques em sua conta e foi abandonado a pé algum tempo depois. Os criminosos ainda levaram seu veículo e o abandonaram no bairro do Botujuru, em Campo Limpo Paulista.

Já na sexta-feira passada, uma idosa de 64 anos foi vítima de sequestro-relâmpago na Estrada da Bragantina, em Campo Limpo Paulista. Um dos bandidos acabou preso.

Segundo a polícia, a vítima permaneceu em poder dos criminosos por aproximadamente quatro horas, sendo obrigada a fazer saques e compras. Ela teria tido prejuízo de cerca de R$ 10 mil, que incluíram a compra de três aparelhos celulares, capinhas para os dispositivos, além dos saques em caixas eletrônicos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();