Menina de 12 anos é resgatada pela GCM de Jundiaí, diz que era obrigada a fazer programas por grupo que pratica rituais satânicos - A Voz da Região

Agora

segunda-feira, 15 de agosto de 2022

Menina de 12 anos é resgatada pela GCM de Jundiaí, diz que era obrigada a fazer programas por grupo que pratica rituais satânicos

Uma menina de apenas 12 anos foi resgatada pela Guarda Municipal de Jundiaí, após ter fugido de uma casa de prostituição. Ela estava vagando pelas ruas da Ponte São João, apenas com a roupa do corpo e faminta. As informações são do Jornal de Jundiaí. Ela foi socorrida e internada no hospital e, segundo contou, estava em uma casa de prostituição em Fortaleza desde os 10 anos. Lá, um caminhoneiro que se disse arrependido por manter relações com a menor, teria oferecido ajuda para que ela fugisse e a trouxe até Jundiaí, deixando-a na estação ferroviária, onde ela teria aceitado um programa com um desconhecido em troca de abrigo. Na manhã de domingo (14), enquanto o homem ainda dormia, ela fugiu e então foi encontrada pela GCM. Ainda de acordo com a menina, a casa de prostituição de onde ela fugiu tinha mais 10 meninas com idades a partir de oito anos. Os donos diziam que eram pais das crianças, mas a torturavam com queimaduras de cigarro caso se recusassem a fazer programas. Eles também injetavam doses de hormônio para as meninas aparentarem ser mais velhas e as que ficavam obesas eram levadas para rituais satânicos. A casa de prostituição pertencem a um grupo de pessoas influentes que atuariam também no Pará e no Amazonas. Ela foi encaminhada para atendimento médico pelo delegado de Plantão da Polícia Civil de Jundiaí, Alexander Paulo Silva, e vai aguardar decisão da Vara da Infância e Juventude.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();