Boris Johnson renuncia como primeiro-ministro do Reino Unido - A Voz da Região

Agora

quinta-feira, 7 de julho de 2022

Boris Johnson renuncia como primeiro-ministro do Reino Unido

 

Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, faz pronunciamento anunciando sua renúncia ao cargo. / Leon Neal/Getty Images















O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou, nesta quinta-feira (7), a sua renúncia à posição de líder do Partido Conservador, após uma série de escândalos e renúncia coletiva de mais de 50 membros do governo. Boris pretende permanecer no cargo de premiê até o outono no Hemisfério Norte, para que os conservadores tenham tempo de eleger um novo líder para o suceder.

“É claro agora que deve haver um novo líder do Partido Conservador e, assim, um novo primeiro-ministro”, disse Boris Johnson. “Eu vou servir até que um novo líder assuma”, acrescentou.

O premiê disse que um cronograma deve ser detalhado na próxima semana, e o processo de escolha de um próximo líder começa agora. Boris Johnson afirmou que irá dar apoio ao novo líder a ser decidido. “Ao público, sei que muitos estarão aliviados. Estou triste por estar entregando o melhor emprego no mundo”, disse.


“A razão de eu ter lutado tanto é porque eu senti que era meu dever. Estou imensamente orgulhoso de minhas conquistas”, acrescentou.“Me arrependo por não ser bem sucedido em permanecer [no cargo]”, afirmou, em outro momento. Ele disse que “ninguém é indispensável na política”, até haver um novo primeiro-ministro, “o interesse público será servido”.


O anúncio de Johnson ocorre em meio a escândalos que pautaram os noticiários do mundo nos últimos meses. O estopim se deu após a renúncia coletiva de mais de 50 integrantes de seu governo.
Boris Johnson ocupa o cargo de primeiro-ministro há três anos, tendo sido eleito em votações internas do Partido Conservador do Reino Unido em julho de 2019, substituindo Theresa May, que havia renunciado ao cargo.

Boris Johnson, 58 anos, ocupou a liderança do Reino Unido desde 2019, após ser eleito de lavada em votações internas do Partido Conservador – o qual é presidente – em julho de 2019. Antes, Johnson foi ministro das Relações Exteriores e prefeito de Londres.

Político, escritor e jornalista, Johnson nasceu em Nova York, nos Estados Unidos, porque seu pai estudava economia na Columbia University.

Ainda jovem mudou-se para Bruxelas e Londres para estudar. Se formou em Estudos Clássicos no Balliol College, em Oxford, onde presidiu a Oxford Union.

Como jornalista, atuou em jornais como o The Times, Daily Telegraph e The Spectator.

Boris Johnson segura cerveja durante encontro com apoiadores em julho de 2019, em Londres. / Henry Nicholls WPA Pool/Getty Images

A carreira política teve início nos anos 2000; em 2001 foi eleito para representar o distrito de Henley-on-Thames no Parlamento. Em 2004, foi eleito vice-presidente do Partido Conservador e em 2008 deu início ao cargo de prefeito de Londres, após vencer eleições apertadas em 2007. Foi reeleito prefeito de Londres em 2012.

Após deixar a prefeitura com bons índices de aprovação, em 2016, foi nomeado Secretário de Estado para Assuntos Externos e da Commonwealth

Em 23 de julho de 2019, Johnson foi anunciado como o novo líder do Partido Conservador e formalmente designado como primeiro-ministro.

Em seu primeiro discurso no cargo, em 24 de julho, afirmou que uma de suas prioridades era garantir a saída do Reino Unido da União Europeia.

Fonte/Fotos: CNN Internacional / Foto da Capa: UOl Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();