Motoboy prende criminoso após assalto em ponto de ônibus de Jundiaí - A Voz da Região

Agora

segunda-feira, 13 de junho de 2022

Motoboy prende criminoso após assalto em ponto de ônibus de Jundiaí

Criminoso que agiu com um comparsa em assalto contra duas pessoas em um ponto de ônibus na Vila Argos, em Jundiaí, foi preso por um motoboy que decidiu ajudar as vítimas durante a entrega que encerraria sua jornada diária de trabalho.

Ao ver o pedido de ajuda de uma das assaltadas, uma mulher que teve a bolsa e o aparelho celular levados, o entregador usou a própria moto para perseguir os criminosos. Quando estes se separaram, ele se aproximou do que carregava a bolsa.

O bandido, ao perceber que estava sendo seguido, tentou reagir. No entanto, o motoboy foi mais rápido que ele e, em um golpe de estrangulamento, rendeu o assaltante, que nada pôde fazer, a não ser aguardar a chegada da Polícia Militar para ser levado ao Plantão Policial.

O ladrão foi identificado como um homem de 28 anos que agiu com um comparsa de barba, usando uma regata, que conseguiu escapar e ainda não foi identificado. Com a prisão do criminoso, a Polícia Civil deve ter mais facilidade para esclarecer a coautoria do assalto.

Duas vítimas, incluindo um homem e uma mulher, estavam no ponto de ônibus quando a dupla agiu com uma faca. Roubaram pertences de ambos, incluindo a bolsa da mulher, e fugiram em seguida.

Ao receber o pedido de ajuda da mulher, o motoboy chegou a perguntar ao homem assaltado se ele gostaria de acompanhá-lo na garupa para perseguir os criminosos. A vítima, no entanto, se negou, o que não impediu o entregador de ir sozinho atrás dos ladrões.

No Plantão Policial, na avenida 9 de Julho, o assaltante detido foi autuado em flagrante e não teve fiança arbitrada. Ele foi recolhido no Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista para aguardar audiência de custódia, que deve ocorrer nesta segunda-feira, sob a direção de um juiz de direito.

Roubos

Mais de 300 roubos já foram registrados em Jundiaí apenas entre janeiro e abril deste ano. Os dados são os mais recentes da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo, que contabilizou no período 324 anotações policiais do tipo.

Do total, 66 foram registrados em janeiro, 82 em fevereiro, 100 em março e 76 em abril, contra 306 anotados na soma dos quatro primeiros meses do ano anterior.

Os assaltos registrados não incluem roubos a banco, de veículo e de carga, já que tais crimes são contabilizados em campo próprio pela SSP.

Fonte: Imprensa Policial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();