Jovem de escola estadual é aprovada em sete universidades internacionais e sonha estudar na Coreia do Sul - A Voz da Região

Agora

segunda-feira, 20 de junho de 2022

Jovem de escola estadual é aprovada em sete universidades internacionais e sonha estudar na Coreia do Sul

Segundo matéria do portal G1 uma jovem de apenas 20 anos foi aprovada em sete universidades internacionais, sendo cinco nos Estados Unidos e duas na Coreia do Sul, e planeja estudar no país asiático ainda neste ano. Fernanda Trajano Bogue concluiu o Ensino Médio em uma escola da rede estadual de São Paulo, em 2019, e desde então se dedica ao sonho de cursar administração de negócios fora do Brasil. Ao g1, a jovem, que também é professora de inglês, relata que a trajetória até as diversas aprovações não foi simples. Para garantir uma vaga e uma bolsa de estudos que possibilitassem a ida para outro país, precisou estar no ranking dos melhores alunos de sua antiga escola, realizar diversas atividades extracurriculares, enviar cartas de recomendação de seus professores às instituições internacionais e ainda se sair bem em entrevistas e provas na língua inglesa. Tudo começou ao sentir que "faltava alguma coisa" em sua vida, em 2020, logo após concluir o Ensino Médio. Inicialmente, ela fez contato com universidades norte-americanas, mas, por questões financeiras, não pôde ingressar mesmo com as bolsas oferecidas. A procura pela Coreia do Sul aconteceu neste ano e, no último dia 7 de junho, recebeu a notícia de que havia ganhado uma vaga e uma bolsa de estudos de 80% no valor do curso na Solbridge International School of Business. Eu falava com meus pais sobre estudar fora, e eles respondiam que era impossível, que não tinham dinheiro. Brincavam até que eu tinha 'sonhos de pessoas ricas'. Mas sempre quis isso para a minha vida. — Fernanda Trajano Bogue, jovem aprovada em sete universidades internacionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();