Jundiaí lidera ranking de colisões contra postes - A Voz da Região

Agora

terça-feira, 17 de maio de 2022

Jundiaí lidera ranking de colisões contra postes

Via Grupo Jundiaí - Um levantamento da CPFL Piratininga, que compreende nove cidades da região, mostrou que foram 207 colisões entre janeiro e abril deste ano e chama atenção para o assunto, principalmente durante o mês da campanha de conscientização no trânsito – Maio Amarelo. O número é 19,6% maior que os 173 casos registrados no mesmo período do ano passado, indicando que as ocorrências continuam em um patamar elevado. Em Jundiaí, por exemplo, foi registrado crescimento de 77% na comparação do primeiro quadrimestre de 2021, quando foram 48 colisões, com o mesmo período de 2022, que teve 85 ocorrências. Itu, Itupeva e Vinhedo também tiveram elevação no mesmo período. Considerando o impacto do assunto para a população, seja na segurança do trânsito, seja na qualidade do fornecimento de energia, a CPFL Energia, por meio da campanha Guardião da Vida, incentiva a discussão sobre o tema, a fim de promover uma reflexão sobre as atitudes no trânsito que poderiam ser evitadas, reduzindo acidentes e salvando vidas. Como parte do apoio ao movimento Maio Amarelo, a campanha Guardião da Vida promove ações que visam estimular a comunidade a adotar atitudes mais seguras como parte responsável pela vida de outras pessoas. Isso inclui palestras realizadas em escolas, associações de bairro, sindicatos de classe e empresas.
Além do risco à segurança, os responsáveis pelos acidentes contra postes podem amargar prejuízos financeiros. Nos casos em que a distribuidora identifica o culpado legal, este deve arcar com os danos causados ao patrimônio da concessionária. A substituição de um poste pode variar, dependendo do modelo, entre R$ 2 mil e R$ 3 mil. Essa diferença leva em consideração os equipamentos instalados tanto pela distribuidora de energia como pelas empresas que ocupam a estrutura. Por exemplo, um poste com iluminação pública simples tem menor valor que aquele que sustenta um transformador de energia e equipamentos de telecomunicação. Fonte: CPFL. Foto Grupo Jundiaí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();