Polícia prende pastor procurado por estelionato, estupro e roubo no interior de SP - A Voz da Região

Agora

terça-feira, 1 de março de 2022

Polícia prende pastor procurado por estelionato, estupro e roubo no interior de SP

Segundo informações do portal G1 um procurado pela Justiça pelos crimes de estelionato, estupro e roubo, em Piracicaba (SP), foi preso na noite deste domingo (27), em Guareí, no interior de São Paulo. Segundo a Polícia Civil, o homem estava há mais de 10 anos foragido e atuava como pastor de uma igreja evangélica, localizada no bairro Nova Guareí.

Conforme o registro policial, com o mandado de prisão expedido pela Justiça, equipes policiais abordaram o pastor depois de um culto. Durante a prisão, os policiais constataram que ele utilizava documentos falsos. O homem foi levado ao plantão policial de Itapetininga.

A Polícia Civil informou que ele ficou à disposição da Justiça e deve ficar preso pelos dois crimes cometidos. Questionada sobre a situação, a família do pastor preferiu não se pronunciar.

A igreja evangélica Assembleia de Deus, Ministério de Piracicaba, confirmou que policiais estiveram na igreja após o culto e prenderam o pastor, identificado como Eduardo, e que ele se converteu à igreja há 14 anos.

"O Pastor Eduardo, antes de sua conversão, teve uma vida pregressa não condizente com os ensinamentos bíblicos. Por esse motivo, foi preso. Após, se converteu ao evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, buscando uma vida social digna, dentro dos princípios da Palavra de Deus. Hoje ele trabalha registrado para ganhar o pão de cada dia e sustentar sua família dignamente. Desde sua conversão, 14 anos atrás, não mais voltou à vida pregressa. Começou sua carreira eclesiástica chegando ao pastorado de forma ilibada. Hoje é graduado como Mestre em Teologia, e estudando o doutorado, além de acadêmico em filosofia", informou a igreja.

Ainda conforme a igreja, "o Pastor Eduardo é um homem digno, com um passado triste, mas isso faz parte da sua história e que nunca será apagada".

"Estamos, junto à família, acompanhando os procedimentos legais. E, queira Deus, logo teremos conosco, fazendo aquilo que ele mais ama: pregar e ensinar o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo!", completou a igreja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();