Mulher flagra companheiro abusando da cunhada e ele vai preso em Cabreúva - A Voz da Região

Agora

terça-feira, 29 de março de 2022

Mulher flagra companheiro abusando da cunhada e ele vai preso em Cabreúva

A Polícia Civil de Cabreúva prendeu em flagrante um homem de 33 anos denunciado pela própria companheira que o acusou de abusar sexualmente de sua irmã, cunhada do acusado.

O abuso, segundo a declarante, ocorreu na casa da família, onde a irmã fazia uso de bebida alcoólica em frente da residência, localizada no bairro Vilarejo.

Ela contou que, em determinado momento, sua irmã passou mal e por isso foi levada pelo casal para o quarto. Alguns minutos depois, ao retornar para ver com a parente estava, se surpreendeu ao flagrar o próprio companheiro, da janela, tocando nas partes íntimas da moradora, que tem 24 anos e dormia profundamente em razão das bebidas que tomou.

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe foi acionada e esteve na residência. Ali, deteve o acusado e o encaminhou à delegacia local para as providências da Polícia Civil.

O acusado, indagado sobre o ocorrido, decidiu que não iria falar nada naquele momento, mas apenas na presença de um juiz. Já que não se defendeu, o delegado resolveu autuá-lo em flagrante por estupro, com base nas afirmações da testemunha, determinando sua recolha no Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

Delito

O crime de estupro é previsto pelo artigo 213 do Código Penal, que dá a seguinte redação: “Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso. A pena é de seis anos a 10 anos de reclusão.

Entre janeiro e fevereiro deste ano, segundo dados mais recentes da Secretaria de Segurança Pública, nenhum caso de estupro foi registrado pela polícia de Cabreúva.

O ano passado, por outro lado, fechou com 21 abusos sexuais no total, sendo 16 contra pessoas com menos de 14 anos, os estupros de vulnerável, que tem pena de até 15 anos de reclusão.

Fonte: Imprensa Policial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();