Sindicato dos jornalistas cobra TV Globo após surtos de Covid-19 - A Voz da Região

Agora

segunda-feira, 10 de janeiro de 2022

Sindicato dos jornalistas cobra TV Globo após surtos de Covid-19





A pandemia não acabou e ela vem sendo uma realidade amarga no maior grupo de comunicação do país, a Rede Globo de Televisão, sofra com um surto de Covid-19, que virou motivo de questionamento sindicato de jornalistas de São Paulo, para a adotar medidas de segurança para amenizar o surto do vírus.


Foi cobrado da emissora as medidas de segurança, tendo em vista  os casos de Influenza e da variante Ômicron estão em alta, a rede de televisão foi questionada pela associação.


''Foram relatados dezenas de casos de covid-19 na empresa nos últimos dias. O Sindicato reivindica a que a emissora teste de maneira imediata todas as pessoas que tiveram contato com profissionais infectados nos últimos dias, além de garantir o home office para aqueles jornalistas com sintomas e que ainda não realizaram a testagem.'' Diz o texto publicado no site oficial do sindicato.


O comunicado foi encaminhado  para as redações e também uma solicitação de que os jornalistas que entraram em contato com o vírus tenha o "necessário repouso, com a licença laboral". Pelo mesmo motivo o Sindicato entrou em contato com a RecordTV e a EBC. "No final de 2021, a RedeTV enfrentou uma situação parecida", apontou.


"Solicitamos à TV Globo que adote o home office para a maior parte dos profissionais que não necessitem exercer seu trabalho presencialmente, além do imediato isolamento daqueles que apresentem sintomas relacionados a doenças respiratórias", concluiu a corporação.


(Fonte R7)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas