Polícia tem dois casos de assédio de profissionais da educação contra adolescentes em Jarinu - A Voz da Região

Agora

segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

Polícia tem dois casos de assédio de profissionais da educação contra adolescentes em Jarinu





A Polícia Civil vem investigando um caso que poderá chocar a Região Metropolitana de Jundiaí, de duas denúncias de assédios sexuais envolvendo profissionais da Educação da cidade de Jarinu. Os casos correm em Segredo”, para não atrapalhar o Inquérito Policial (IP) a ser enviado para a Justiça, explicou o delegado Adalberto Ceolin.  


Em entrevista ao Jornal da Região, a mãe de uma adolescente de 17 anos, diz querer fazer um alerta para que outras jovens não passe pelo que sua filha passou. A mãe relata que a filha foi contratada para fazer serviço de telemarketing, “captando alunos” para uma escola de cursos, na hora do almoço, a sua filha estava na cozinha do estabelecimento, quando o responsável a agarrou, colocando o corpo dele contra o da jovem, que encurralada, começou a chorar o empurrou ele e atravessou a rua, até o trabalho da mãe, para pedir socorro.


Outro caso relatado ao mesmo veículo de comunicação, as amigas de uma menina de 13 anos falaram que um professor chegou a pegar o número de WhatsApp dela, com a intenção para passar mensagens “amorosas” e os pais descobriram e denunciaram na Polícia Civil.


(Fonte de Jornal da Região)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();