Homem perde metade do nariz e parte da orelha ao ser mordido por vizinho - A Voz da Região

Agora

segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

Homem perde metade do nariz e parte da orelha ao ser mordido por vizinho






 Um homem de 50 anos perdeu partes do nariz e da orelha ao ser atacado a mordidas por um vizinho em Eldorado, no interior de São Paulo. Segundo informações confirmadas ao g1 neste sábado (15), o suspeito também usou um penado - ferramenta parecida com um machado - durante o ataque. Ele foi indiciado por tentativa de homicídio e aguarda transferência para uma instituição de saúde, pois é esquizofrênico, segundo a defesa.


José Nilson Ferreira mora sozinho em um imóvel no bairro Vila Nova, onde foi agredido enquanto estava no quintal. À reportagem, Danilo de Castro Ferreira Ribeiro, de 28 anos, filho da vítima, contou que o suspeito, que mora na casa da frente, invadiu a residência do pai e já partiu para cima dele com o penado.


Segundo Danilo, o primeiro golpe foi desferido na direção do pescoço. Em seguida, o pai dele entrou em luta corporal com o vizinho, e os dois foram ao chão. "Meu pai conseguiu segurar o penado com as duas mãos. Ele começou a querer morder, e meu pai se debateu embaixo do homem. Só que teve uma hora que ele deu um bote certeiro, e arrancou metade do nariz", explica o estudante.


O jovem afirma que o suspeito continuou tentando morder o pai, e ainda conseguiu arrancar um pedaço da orelha. "Depois que ele tomou a segunda mordida, ergueu o agressor e jogou longe o penado. Tirou força não sei de onde" afirma. Em seguida, o vizinho ainda arrastou a vítima até próximo de onde o penado caiu, para tentar recuperar a ferramenta, mas não encontrou.


Nesse momento, José pulou para a casa de outro vizinho, que acionou a Polícia Militar e o resgate. Ele foi socorrido à Santa Casa de Eldorado e depois encaminhado para o Hospital Regional de Registro, onde passou por uma cirurgia de enxerto no nariz. O homem recebeu alta e já está se recuperando em casa, com a família.


"Por tudo o que ocorreu, ele foi destinado a matar, mesmo. Estava fora de si. Ele ainda está com trauma de voltar, vamos ainda ver se ele vai mudar de casa", afirma Danilo.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio na Delegacia Sede de Eldorado, onde é investigado. O suspeito foi detido na quinta-feira (13), após a prisão preventiva ser decretada, conforme confirmou a Polícia Civil. Ele foi encaminhado à Cadeia Pública de Registro, onde permanece à disposição da Justiça.


Ao g1, a defesa do suspeito informou que ele passou por uma audiência de apresentação nesta sexta-feira (14), e a princípio, continuará preso. O indiciado aguarda vaga em uma instituição de saúde do estado, pois é esquizofrênico, conforme a defesa, e não pode ficar em uma cadeia comum. Enquanto o laudo atualizado de insanidade mental não é expedido, ele permanecerá em uma cela separada dos demais presos.


(Fonte G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();