Delegacia de Defesa da Mulher apura se ‘maníaco sexual’ cometeu outros crimes em Jundiaí e Região - A Voz da Região

Agora

terça-feira, 11 de janeiro de 2022

Delegacia de Defesa da Mulher apura se ‘maníaco sexual’ cometeu outros crimes em Jundiaí e Região

 



A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Jundiaí vem investigando um homem de 29 anos, preso na semana passada sob a acusação de abusar de uma mulher de 40 anos, conforme divulgado na última sexta-feira (7), para apurar  outros possíveis crimes de estupro praticados por ele.  


A vítima viveu momentos de terror, quando estava em um ponto de ônibus, de madrugada, esperando a condução para ir ao trabalho, quando o estuprador parou de carro para pedir informações, começou a agredi-la  até demasiar e a colocou no carro. Dentro do veículo, de acordo com o depoimento da vítima o acusado chegou a dizer que faria um “ritual” enquanto a mantinha à força no banco traseiro do carro que ele dirigia, ele a agrediu novamente e novamente ela desmaiou. 


Ao acordar a vítima se viu em motel no exato instante em que estava sendo estuprada e agredida, a mulher disse que não reagiu por medo, pois durante o ato constantemente ela era ameaçada de morte pelo estuprador. Ela foi obrigada ainda a pagar o motel com pix. 


Muito machucada ela foi levada a UPA pelo acusado, que antes parou em um posto de combustíveis, onde a obrigou a pagar pelo abastecimento, novamente por pix. Ao ser atendida na UPA, bastante machucada, ela aproveitou para contar que o homem que a acompanhava era, na verdade, um estuprador, o que fez com que funcionários o impedissem de deixar o local.

Seguranças agiram imediatamente e impediram a saída do homem, que teria se alterado ao perceber que não poderia ir embora antes da chegada da Polícia Militar. 


Na delegacia ele decidiu permanecer em silêncio.


(Fonte: Imprensa Policial)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();