Por que este ano Jundiaí comemora os seus 365 anos pela segunda vez? - A Voz da Região

Agora

quinta-feira, 9 de dezembro de 2021

Por que este ano Jundiaí comemora os seus 365 anos pela segunda vez?

Para que os jundiaienses possam conferir, a reprodução do documento poderá ser conferida em instalação nos jardins do Solar

Você, que acompanha os canais oficiais e as redes sociais da Prefeitura e já sabe que todos os anos, em ocasião do aniversário da cidade, a Prefeitura prepara uma programação com diversas entregas de obras e atrações culturais, pode ter notado que, assim como em 2020, neste ano Jundiaí voltou a comemorar seus 365 anos.

Seria isso resultado de uma brincadeira do tempo ou até mesmo uma compensação por conta da pandemia? Nada disso!

14 de dezembro, dia oficial do aniversário da cidade, marca a elevação do então povoamento do sertão de “Mato Grosso de Jundiahy” à categoria de Vila, após requerimento de seus habitantes à Capitania de São Vicente, autoridade colonial a que a região estava administrativamente ligada.

Fato que, até pouco tempo atrás e com bastante controvérsia, acreditava ter ocorrido no ano de 1655, como vem indicado nas bandeiras da cidade que ainda tremulam pelos mastros dos equipamentos públicos municipais.

No entanto, em 2018, após pesquisa on-line realizada junto ao Arquivo Nacional Torre do Tombo, localizado em Portugal, o cientista social e professor Samuel Vidilli deparou-se com um documento, uma cópia com valor do traslado do auto de criação da vila, datado de 1656. Portanto, um ano depois da data atribuída para a elevação.

Após a sua descoberta, em julho daquele ano, o documento foi então apresentado pelo pesquisador ao prefeito Luiz Fernando Machado e ao gestor da Unidade de Gestão de Cultura, Marcelo Peroni. Desde então, conforme prometido na ocasião, foram dados pela Prefeitura os andamentos administrativos e jurídicos necessários, como, por exemplo, a tradução do texto por especialista em leitura de documentos históricos e a análise dos trâmites por parte da Unidade de Gestão de Negócios Jurídicos e Cidadania (UGNJC).

“Por conta de delicadeza do tema e em respeito aos cidadãos e à nossa cidade, preferimos continuar a contagem dos anos da cidade da forma como vinha estabelecida até que se concluíssem as tratativas necessárias, o que ocorreu este ano. Por isso, este ano voltamos a comemorar os seus 365 anos”, brincou o gestor da UGC, Marcelo Peroni.

Para que todos os jundiaienses e demais interessados possam acessar este documento, a UGC preparou uma instalação com a sua reprodução que ficará disponível para consulta nos jardins do Museu Histórico e Cultural – Solar do Barão a partir da próxima terça-feira (14).

A programação completa do aniversário da cidade pode ser conferida no site Jundiaí 365 anos.

Descoberta tornou a cidade “um ano mais jovem”

(Fonte/Imagem: Prefeitura de Jundiaí)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();