Polícia investiga possível omissão de socorro de homem que morreu na frente de hospital em Campo Limpo Paulista; vídeo! - A Voz da Região

Agora

terça-feira, 28 de setembro de 2021

Polícia investiga possível omissão de socorro de homem que morreu na frente de hospital em Campo Limpo Paulista; vídeo!

Segundo informações do portal G1 a Polícia Civil abriu um inquérito para investigar uma possível omissão de socorro após a morte de um homem, de 51 anos, que ocorreu em frente ao Hospital de Clínicas de Campo Limpo Paulista (SP). O caso teria ocorrido no sábado (25).

De acordo testemunhas, o homem chegou de carro e disse que estava passando mal. Ele teria pedido para ser atendido com urgência, mas o pedido foi negado. Ao sair da sala de emergência, ele teria desmaiado e batido a cabeça no chão.

O delegado Rafael Diório detalhou em entrevista à TV TEM que foi aberto um inquérito policial para investigar o caso.

“Nós temos que analisar todos os fatos, até mesmo, principalmente o laudo pericial da causa da morte, com o exame necroscópico e também o nexo causal do atendimento com a morte da vítima, se há relação e, se for comprovado algo nesse sentido, podem responder criminalmente na delegacia em crimes contra a vida ou até mesmo omissão de socorro."

A prefeitura informou, em nota, que abriu uma sindicância administrativa para apurar o ocorrido e que vai ouvir funcionários e outros envolvidos.


O diretor geral do Hospital de Clínicas, Mariano Edgar Flores, disse que não houve negligência e que os médicos do hospital tentaram reanimar o paciente, mas ele já estava sem vida.

“A informação que nós temos até hoje é de que ele, vindo da rua, ele caiu perto da porta do hospital, da porta da emergência. No momento, dentro da emergência, estava todo o corpo clínico em outros atendimentos com a porta fechada, obviamente, e foram avisados por pessoas que estavam fora do hospital", explica.

O cunhado da vítima registrou um boletim de ocorrência na delegacia de Campo Limpo Paulista e disse, em depoimento, que o homem começou a se sentir mal e com a esposa procurou ajuda no Hospital de Clínicas.

A família enviou uma nota à TV TEM informando que está muito abalada com o luto e que não irá se pronunciar no momento. A identidade da vítima não foi divulgada.

Fonte: G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas